segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Quem tem que voltar, volta.


Mesmo que por pouco tempo, ou por poucos risos. Mas quando uma pessoa é importante para nós, ela volta, cedo ou tarde, e nos encontramos numa ocasião inesperada. Trocas de olhares, sentam-se um perto do outro e depois de algum tempo, estão conversando. Sobre qualquer coisa, qualquer besteira. E a vontade de poder abraçá-la cresce a cada sorriso que forma graciosas covinhas que combinam com seus olhos  levemente puxados. Você não quer que isso acabe. Não demora muito, chega a hora de ir embora. Na despedida, lágrimas invadem seus olhos. Vai começar tudo de novo. A saudade, a preocupação. Meses depois, outro evento estará acontecendo, mais uma vez ele estará lá, lindo e perfumado. Ele voltou. Ele sempre vai voltar. Mesmo que por uma noite.

3 comentários:

  1. Awn, que lindo! Seus posts tem a capacidade de me fazer lembrar de tanta coisa.. Nossa, maravilhoso :D

    ResponderExcluir